Conversinha Fashion » JessicaSimpson
27 agosto 2010
Vestir o corpo que tem… hoje!

As vezes me pego vendo Jessica Simpson nos sites de celebridades alô Ego, Katylene e Te dou um dado e me pergunto o que aconteceu com aquela garota radiante que eu acompanhava no seriado dela com seu ex marido (o Newlyweds).

Já não é de hoje que Jessica ganhou peso, mas até ai tudo bem. A silhueta mudou e aparentemente vai continuar mudando, nesse processo permanente de emagrecer/engordar. Seja o que for é preciso aceitar essa nova realidade, em cada momento. Vestir roupas do tamanho certo é pilar básico da imagem coesa e agradável, a chave para que tudo se resolva – ao menos visualmente. Encarar um tamanho grande quando se está acostumada ao pequeno não é simples, mas é necessário… com a vontade ou desejo de um dia, breve, voltar a ter o corpo que se tinha. Enquanto isso, vestir o corpo que tem… mantra de vida!

Tudo bem. No caso específico de Jessica Simpson podemos lembrar que ela nunca teve em seu caminho um apurado senso estético. Super magra e sarada ou mais curvilínea e acanhada ela sempre abusou de (des)proporções estranhas e combinações ‘ousadas’ que parecem ficar duplamente esquisitas quando num manequim de tamanho errado. Uma coisa meio Britney Spears, diga-se de passagem. Quando o corpo é parte do trabalho é preciso estar em dia com a imagem e não apenas apostar em um discurso bonito e alinhado. Jessica disse, um dia desses, que não é preciso ter uma cintura fina para ser feliz… super poético, concordo e assino embaixo… mas nem por isso é preciso utilizar roupas que enfatizem os pontos delicados da silhueta. Com a roupa certa, no jogo certo, Jessica ficaria muito melhor colocando em voga rosto, cabelos e voz que – seja o manequim 36 ou 42.

Leia mais