Conversinha Fashion » Cantão
14 janeiro 2011
Estampa, textura, estampa…

Grafismos e estampas ‘confusas’ no Fashion Rio. O inverno é sempre mais dramático e nele as formas geométricas sempre aparecem pelo peso e consistência. Na mistura de padrões ou na junção de estampa com textura uma possibilidade que não é novidade porém ainda aparece de forma muito tímida nas ruas. Vamos ousar!

Pensando na ideia de sair da zona de conforto, ganhar diferenciação e conseguir comunicar melhor com as roupas aparece essa possibilidade como algo a ser trabalhado com mais insistência pois são essas montagens que desencadeiam a multiplicação natural de looks dentro do guarda-roupa.

Abrir a mente, sair dos combinados muito certinhos ou mesmo daqueles já utilizados de forma excessiva. Quase sempre o que precisamos no guarda-roupa não é de peças novas mas sim de um novo olhar sobre aquilo que está ali.

Se nas passarelas as formas e volumes são chamativos na vida podem ser mais delicados, discretos, salpicando um pouco da inspiração e não a referência literal que pode mesmo ficar muito chocante quando utilizada fora do mundinho da moda.

  • %
28 dezembro 2010
Se faz sol e tem piscina ou mar…

A época pede banho de sol e por mais que não seja algo indicado pelos dermatologistas é irresistível passar ao menos um tempinho de ócio curtindo a piscina ou o mar. A roupa estratégica, fácil de colocar e tirar, auxilia o momento e pode se transformar em elemento simples para um lanche ou almço pré/pós bronzeado.

Peça única o vestido ou macacão é saída altamente estratégica, fácil. Os modelos encurtados são perfeitos para curtas caminhadas em locais molhados e são frescos como pede a estação. Peças longas são lindas e vaporosas porém tendem a ficar molhadas ou sujas quando arrastando no chão molhado ou arenoso.

Outra boa aposta são as saias curtas acompanhadas de batinhas ou blusinhas básicas, do estilo regata. Como o ambiente não pede muitos acessórios vale caprichar nas cores ou estampas para deixar o visual mais alegre e iluminado. Blusinhas sem mangas ou soltinhas ficam interessantes quando mostrando partes do biquini ou maiô. Essa sobreposição pode ser divertida e se faz adequada ao ambiente.

Nos pés sandálias baixas ou rasteirinhas, até mesmo tênis baixos bem confortáveis para aqueles que aliam turismo, banho de mar/piscina e almoços/lanches. Bolsas a tiracolo ou mesmo mochilas são acompanhamentos legais para fechar o visual e garantir um bom local para carregar os pertences com segurança e adequação.

Não se levar muito a sério é extremamente importante nas férias ou no lazer onde nada precisa ser muito combinado. Melhor que complicar é ir pelo conforto e praticidade… mas nem tanto.

As imagens que ilustram o post são da Cantão.

  • %