Conversinha Fashion » AmyWinehouse
27 julho 2011
Algumas razões para sofrer por amor

Buscar algo de bom em toda história, saber tirar o melhor de cada situação. Quem disse que sofrer por amor é só ruim?!

É bom quando buscamos o lado bom em toda e qualquer situação, não? Cada copo está meio cheio, ou meio vazio; tudo é uma questão de ponto de vista. Assim, algumas atitudes pode entrar como inspiração para quem está sofrendo por amor e quer passar ileso – e fortalecido – por esse momento. Sem drama, mas com direito a derramas duas boas lágrimas (ou muito mais, se necessário). Afinal, em cada escorregão há um trampolim, basta você saber onde cair. E o que há de mais legal na vida é saber se divertir com tudo, pois mal humor e sofrimento eterno não levam ninguém a lugar nenhum.

Renove sua imagem

Não há como negar que um pé na bunda vem, sempre, acompanhado de um desejo gigante de melhorias e evoluções. Você pode, e deve, utilizar o momento para renovar o corte de cabelo, correr para a academia, comprar roupas novas ou mesmo passar a cuidar um pouco mais de si. Não que a culpa do mal entendido, ou fim consensual, esteja no visual… mas é que sair da história bem melhor, bem mais bonita, é alimento perfeito para o ego e para a auto-estima. É bom colecionar elogios!

Emagreça

Se estiver precisando, se estiver lutando contra os quilinhos extra (sem loucura, ok?!), o momento de tristeza, raiva ou birra pode ser ideal para fechar a boca e entrar naquela bela calça que estava encostada no armário, devido ao conforto e bem estar do relacionamento estável recheado de jantares e comilanças. Além disso, correr para a academia é uma terapia incrível, e econômica, pela qual liberamos toda a raiva guardada. Boas aulas de jump, body combat ou mesmo spinning são ótimas para tirar a mente de quem não merece mais atenção.

Reveja prioridades

Se você, durante muito tempo, colocou o namorado/marido/prometido em primeiro plano, como prioridade em sua vida, talvez deva voltar a se colocar como ponto principal de sua vida. Isso não significa se manter altamente egoísta, mas muito mais saber dosar a dedicação ao outro enquanto você fica de escanteio, certo? É o tal do egoísmo do bem, que já conversamos por aqui.

Olhe pelo lado positivo

Ele não era tão incrível assim, tão perfeito. Ninguém é. Se apegue nos defeitos, ao menos nesse momento inicial, para esquecer o quão difícil foi aguentar, ou suportar, todas aquelas coisas que você considerava super chatas. Olha que maravilha, você está livre! Diga tchau, já vai tarde.

Canções de superação

Nessa hora, cantar ajuda. Vai mentir? Quem não canta no carro, no chuveiro, no corredor ou em qualquer lugar? Nossas divas eternas estão aí com um setlist incrível, perfeito, para se sentir a última bolacha do pacote e amaldiçoar, sem maldade, aqueles que lhe fizeram um suposto mal. Cristina Aguilera, com I am Beautiful; Adele, com Rolling in the Deep; Lady Gaga com Born this way; Shania Twain, Man I feel like a woman; Spinning Around da diva Kylie Minogue e uma eternidade de músicas mais que empolgantes.


O mais importante? Saber que tudo tem continuidade, preferencialmente com outros personagens. E quer saber? Se esse passado voltar, é bom estar com a cabeça no lugar para saber dizer o seu sim, ou não. Apagar telefones, esquecer emails, se deixar ser esquecida (literalmente deletada) pode ser um presente – uma chance que a vida lhe dá para ser bem mais feliz. E assim, o que mais? A vida entrega presentes bem antes do que você imagina. Basta sair e encarar o mundo.