Conversinha Fashion » Fashion Weeks da Vida
14 janeiro 2011
Estampa, textura, estampa…

Grafismos e estampas ‘confusas’ no Fashion Rio. O inverno é sempre mais dramático e nele as formas geométricas sempre aparecem pelo peso e consistência. Na mistura de padrões ou na junção de estampa com textura uma possibilidade que não é novidade porém ainda aparece de forma muito tímida nas ruas. Vamos ousar!

Pensando na ideia de sair da zona de conforto, ganhar diferenciação e conseguir comunicar melhor com as roupas aparece essa possibilidade como algo a ser trabalhado com mais insistência pois são essas montagens que desencadeiam a multiplicação natural de looks dentro do guarda-roupa.

Abrir a mente, sair dos combinados muito certinhos ou mesmo daqueles já utilizados de forma excessiva. Quase sempre o que precisamos no guarda-roupa não é de peças novas mas sim de um novo olhar sobre aquilo que está ali.

Se nas passarelas as formas e volumes são chamativos na vida podem ser mais delicados, discretos, salpicando um pouco da inspiração e não a referência literal que pode mesmo ficar muito chocante quando utilizada fora do mundinho da moda.

  • %
18 novembro 2010
Montar, ornar, juntar… styling

As roupas produzidas por um estilista ou marca são apresentadas nas passarelas de forma combinada e misturada, com certos acessórios, cabelo e maquiagem previamente determinada. Acontece que tudo é questão de styling, coisa daquele profissional responsável por montar os looks e os detalhes da composição (o stylist – aha!). Com isso fica possível transformar roupas por vezes simples em junções divertidas e interessantes, assim como podemos e devemos fazer com nossos guarda-roupa.

Na fila final de cada desfile a importância da coerência entre as peças apresentadas e também da ordem pela qual os looks foram distribuídos. A sequência de cores, a mistura de texturas e os comprimentos adequadamente ordenados auxiliam na assimilação das peças. Claro que não há necessidade disso no nosso guarda-roupa, nem seria possível pensar uma forma disso funcionar, porém entra como ideia para lembrar de organizar a forma de vestir de maneira a dar uma sincronizada entre todas as imagens.

Essa função do stylist também aparece muito nos editoriais de revistas, que podem ter um apelo mais comercial ou mais artístico… depende da linha da publicação, do público-alvo e tudo mais. Podemos ver, por exemplo, que a Elle apresenta muito mais o conceito do que a organização e harmonia dos conjuntos; já a Cláudia, a Estilo, trabalham com um pensamento mais direto que serve de fonte direta de inspiração para o leitor. Afinal enquanto uns querem imagens bonitas, envolventes, outros querem ideias para copiar ou levar para a vida.

Somos nossos próprios stylist dia após dia ao decidir se vamos aplicar um batom mais forte, um cabelo em coque, calçado aberto, relógio casual… tudo isso, cada detalhe, é complemento que precisa ornar bem não só seu corpo mas também (e principalmente) sua personalidade.

  • %
07 novembro 2010
Marca em voga

Quem conhece o Conversinha a mais tempo sabe que eu sempre comento sobre a Mary Design. É trabalho artesanal, cheio de personalidade, com um dna bem característicos da marca. O que mais se altera, de coleção para coleção, é a aplicação de cores ou mesmo o material que ora caminha para linhas, ora para os metais. Tudo sempre muito bem amarrado.

Nada importa… o resultado é sempre bem parecido (num sentido bom). A variação maior de desfile para desfile é a forma de apresentação das peças, que sempre são colocadas dentro de um contexto envolvente e emocionante. Com jogo de luzes, vídeos, música, cantoras ou mesmo a base do figurino (algo tão difícil de pensar para não roubar a atenção do protagonista em questão) o que fica é a lembrança da marca… e do nome Mary Design.

O Minas Trend Preview é o único evento de pré-lançamentos já consolidado como um dos maiores acontecimentos de moda e comportamento do país

As fotos dessa vez são do Chic – do Charles Naseh.

  • %
07 novembro 2010
O retorno da onça

Faven, a marca do tricot, levou às passarelas variações de onça e muita mistura de textura. O trabalho foi realizado numa cartela de cores fechada em neutros com algo de vermelho bem ocasional. Muito boa a aplicação variada dos tons de marrom, principalmente esse marrom alaranjado (que alguns chamam de camelo) que carece de bases interessantes para não ficar sem graça.

É ainda importante lembrar que a onça apareceu em algumas passarelas e muito nos stands da feira (o MTP é uma feira de negócios, com desfiles) sendo uma aposta para a próxima estação. É claro que estampas de animal nunca desaparecem completamente, mas podem agora começar a ocupar o espaço hoje dominado pelos florais delicados (estilo liberty) ou pelas referências fofas de corações ou póas em tamanho mini. De toda forma o padrão combina muito bem com temperaturas um pouco mais baixas que possibilitam essa sobreposição de peças para evitar o look total animal.

O Minas Trend Preview é o único evento de pré-lançamentos já consolidado como um dos maiores acontecimentos de moda e comportamento do país

As fotos dessa vez são do Chic – do Charles Naseh.

06 novembro 2010
Piriguetismo do bem

Um toque de piriguetismo pode ficar bem, basta estar na essência do look criando uma imagem sensual (esbarrando no vulgar) que não é incorporada na atitude. Na Patrícia Motta o styling conseguiu bem passar essa impressão, maquiando dentro do contexto peças que separadas dialogam tranquilamente com um jeans ou uma peça de alfaiataria… podem ir para qualquer lugar. O couro é o que rege a marca e ele pode ser aplicado nos mais diversos guarda-roupas, principalmente quando trabalhado de forma mais delicada e em variações de cores atuais.

É sempre bom ver o couro puro, não o fake, bem cortado e com leveza sem engessar a silhueta feminina. Nada sai prejudicado, nem o caimento. A Patrícia Motta consegue fazer o que quer com o tecido, assim como Patrícia Vieira. Será o dom natural de todas as Patrícias estilistas?! Uhm. Enfim, auxiliada pela trilha (que foi o ponto forte de muitos desfiles) a vontade era de pular para a passarela e piriguetar ao menos por uma noite.

O Minas Trend Preview é o único evento de pré-lançamentos já consolidado como um dos maiores acontecimentos de moda e comportamento do país

As fotos dessa vez são do Chic – do Charles Naseh.

  • %