Conversinha Fashion » Comprinhas
02 abril 2012
Dudalina linda

A Dudalina já conquistou nossos corações com suas camisas impecáveis, de corte incrível, além de cores e estampas charmosas. Como se já não fosse suficiente, a marca constantemente apresenta novidades e amplia seu leque de produtos com camisas pólo, repetindo a fórmula que garantiu o sucesso da marca entre as mulheres, e uma linha petit pra lá de graciosa.

Além do corte impecável, que é repetido nessa peça mais casual e despojada, as peças também possuem cores, estampas e combinações super charmosas, além de modelos com o decote um pouco mais aberto, aprofundado, vaorizando ao máximo a silhueta feminina. Peça perfeita para quem trabalha em ambientes informais ou mesmo para quem quer compor um tipo de look arrumadinho no ponto para o dia-a-dia.

E se as mamães ficam super lindas com camisas sociais, dessas fofíssimas com punhos e golas trabalhadas, ou mesmo com botões em tons diferentes, que destacam o acabamento primoroso da marca, vale ficar de olho na nova linha de camisas para crianças e adolescentes, com peças que repetem todo o charme da coleção tradicional para meninas que já querem um pouco de elegância.

Sem dúvida é uma boa escolha para aquelas meninas que já demonstram um desejo por maturidade visual, mas não querem (ainda bem!) apostar na arriscada sensualidade, que além de inadequada é muito pouco indicada para crianças.

Assim, é uma boa forma para as mamães começarem a brincar com o guarda-roupa das filhas, ensinando e orientando quanto a formas de imprimir um pouco mais de maturidade no visual. Claro que sair no maior estilo par de vasos é dispensável. Melhor é deixar a filhota mostrar suas vontades ao escolher a estampa que mais gosta, sejam as clássicas listras ou o romântico floral.

  • %
27 março 2012
Coleções, por Luiza Barcelos

Para quem já está apaixonada pelo inverno da Luiza Barcelos. =) No vídeo, em stop motion, pares do inverno 2012 se divertem em meio a coleções de porcelanas, sapatos, livros, quadros…

 

Sobre o tema, Luiza explica: “O conceito da Coleções foge da história de moda passageira. Quero que os sapatos Luiza Barcelos sejam eternos, não apenas fisicamente, mas que sejam principalmente recheados de experiências e sentimentos. Todo mundo tem alguma coisa que gosta de colecionar, certo? Este pequeno prazer que nos faz sonhar com o próximo item da coleção melhora a vida. Agora pergunte às mulheres: qual delas não fica feliz com um novo e desejado par de sapatos no closet?”

Não dá vontade de ter e usar?! Moda não precisa ser só tendência.

22 fevereiro 2012
Baixinho, mas elegante

Mocassim, sider, buck, oxford… são inúmeras as opções sem salto além do mundo mágico das sapatilhas

Não é toda mulher que gosta, aguenta ou suporta um salto alto todo dia, dia após dia. Algumas vezes, ou sempre, o que faz a felicidade da mulher é a possibilidade de usar um calçado baixo que seja charmoso, que valorize a feminilidade e que seja confortável! Qual o crime nisso?! As opções são muitas. As marcas cada vez mais investem em bases que saem um pouco do padrão sapatilha, já batido, e entre modelos diversos surgem (ou reaparecem) opções tentadoras para rechear o guarda-roupa com sensação de bem estar. Nada mal.

Os calçados baixam conversam muito bem com todas as peças. Valem não apenas as calças, mas também os shorts, saias e vestidos que entram como opção para quem sair da orientação batida de usar saltos sempre que o look possui uma peça que quebra a silhueta em alguma parte – principalmente na linha das pernas. E para um visual arrumado, produzido, não são apenas os scarpins e as sandálias que funcionam. As sapatilhas já provaram que o solado reto é legal e que não é preciso estar nas alturas para ficar elegante.

Um pouco de cor, estampa ou mesmo textura vale como forma de valorizar a composição. Outra opção boa para ser pensada são os calçados em couro puro, bem tratado, que carregam um pouco da formalidade de alguns modelos de salto alto. O interessante é que existem opções para todos os gostos e estilos e não há desculpa para passar os dias da vida sentindo dores nos pés por conta de saltos desastrosos.

O comprimento um pouco mais encurtado, na linha ou acima da linha dos joelhos, garante silhueta alongada. De toda forma, quase todos os calçados aqui citados, entre mocassim, sider, buck e oxford, mostram bastante o peito dos pés e com isso criam uma linha longa nas pernas. Ótimo! Marcas como Arezzo, Santa Lolla e Richards são boas saídas para quem quer se aventurar nesse universo. O risco, claro, é não querer subir em um salto nunca mais.

28 dezembro 2011
Para presentear

 

Se o Natal passou e, por alguma razão, passou também o momento de presentear, não fique sem graça. O Ano Novo está aí e, de forma geral, não há data específica para homenagear pessoas queridas. Para tal, as flores estão aí como boa opção para quem quer mostrar seu carinho de forma certeira e simpática. 

Seja para visitas, aniversários ou meras lembranças, os arranjos e vasos são uma alternativa charmosa que naturalmente arranca sorrisos. Aliás, trata-se de uma ideia sempre interessante para não chegar de mãos abanando em jantares na casa de amigos ou mesmo em outros tipos de encontros nos qual um super presente não é necessário.

E quem disse que é preciso uma data para fazer alguém feliz?! Talvez um gesto como este pode alegrar mais ainda o dia de alguém. =)

Vale combinar as flores com chocolates, que é uma escolha clássica, ou mesmo brincar com combos variados que incluem a possibilidade de livros, bebidas ou mesmos DVDs. No geral, flores alegram ambientes, da casa ao escritório, e por si só já deixam um bom recado; nem é preciso exagerar (e encarecer a brincadeira). Uma boa pedida para a próxima vez que bater uma dúvida quanto ao presente.

Todas as opções aqui apresentadas são da Flor com Chocollate que possui loja online e um amplo leque de opções. 

  • %
20 dezembro 2011
Como comprar: lojas populares

Lojas populares escondem achados, entre agradáveis surpresas que valem o esforço de procurar e garimpar

Muito se escuta que é impossível comprar roupa legal em lojas como C&A, Renner, Riachuelo, Marisa e afins. Bom, balela. É sim possível garimpar peças bacanas, principalmente se o que você busca não é qualidade eterna. Qualidade, aliás, não combina com produção em massa e isso vale muitas vezes para Zara, H&M e, principalmente, para Forever21. As roupas dessas grandes redes tendem a ser descartáveis e não passam por um bom controle de qualidade, o que diminuiu os custos e aumenta a chance de erros na modelagem e, também, nas costuras que facilmente se desfazem. Mas, nem tudo está perdido afinal uma peça nem sempre é minimamente igual a outra e, por tal razão, você pode encontrar uma luz nas araras

Essas lojas mais baratinhas, e de qualidade duvidosa, são ótimas para comprar todas aquelas tendências que ainda não se eternizaram no seu guarda-roupa. No entanto, aquelas peças que você sabe que precisar sempre, e vai usar muito, tendem a ser base para investimentos um pouco mais pesados. Vale a velha regra do custo x benefício.

Peças de uma mesma loja popular. Contraste entre estilo, lavagens, exagero e detalhes ultrapassados. Basta procurar com carinho.

O que encontramos nas grandes redes? Shorts jeans cutinhos, camisetas podrinhas, regatas com rendinha, calça social sem detalhes além de vestidinhos para praia ou mesmo alguns mais arrumadinhos. Vale ficar de olho em caimento, claro. Acessórios como colares ou pulseiras também podem ser boas aquisições, mas é preciso ter paciência para olhar calmamente as araras que, quase sempre bagunçadas, são uma mistura de desastres e bagatelas. Para quem não tem a menor paciência para olhar, olhar, olhar e olhar (sem exagero) vale ficar de olho em blogs como o Futilish que sempre contam onde encontrar coisas legais. Quebrar preconceitos, antes de tudo, é primordial. Já passou o tempo de julgar as roupas pela etiqueta… mesmo porque muitas lojas caras, com peças que custam seis dígitos, possuem a mesma qualidade duvidosa que é encontrada em Hering e afins.

Blogueiras do F.Hits mostrando que dá para encontrar peças legais em uma das lojas populares com preço mais baixo. As características seguem orientações básicas.

  • # Peças limpas
  • # Aviamentos neutros
  • # Fuja de lavagens
  • # Tecidos pouco sintéticos
  • # Modelagens simples
  • # Estampas clássicas
  • # Caimento desestruturado

Pois bem. O que estraga as lojas populares é a mania insistente de papagaiar as peças, com pedrinhas, brilhos e estampas localizadas totalmente desnecessárias nada vida de uma pessoa. Sabemos que limpeza visual é o que há e que os enfeites, ou detalhes, precisam ser bem aplicados para de fato funcionar.