Conversinha Fashion » 2014 » junho
24 junho 2014
Planejar é sonhar

A privação de hoje é a conquista de amanha; manter a mente ligada no objetivo final ajuda a abrir mão de prazeres efêmeros que tudo consomem

money

Vivemos um tempo de inconsequências. Gostamos, gastamos e pouco nos importamos com os débitos do dia seguinte, com possíveis faltas e carências financeiras. Temos uma quantidade sem fim de dinheiro de plástico, além de limites e saldos que não representam (nem de longe) a nossa realidade. Estamos acostumados a viver na beira do abismo, uma tragédia que mina nossos recursos, que gera problemas capazes de afetar todas as esferas da nossa vida. Não precisa ser assim.

Já estamos cansados de saber: a vida é feita de escolhas. E em se tratando de dinheiro, essas escolhas não são nada fáceis. Além das necessidades básicas e essenciais das quais não dá pra fugir – alimentação, moradia, saúde… – o resto, bom, é resto. E não há como fazer a conta de maneira invertida, colocando em primeiro plano o lazer, por exemplo, antes mesmo de quitar aquelas continhas básicas de todo mês. Disso todo mundo também sabe. Ou deveria saber.

O que nós esquecemos, por vezes, é que a privação de hoje é a conquista de amanhã. Abrir mão de pequenos luxos – por vezes superdesnecessários – pode mudar o rumo da história. Nunca é tarde para repensar a maneira de encarar o saldo da conta bancária (por mais difícil que seja), mas cada um com suas prioridades, dá para ter quase tudo o que se deseja – mas é importante manter os pés no chão.

Certas coisas nos lembram de que o futuro chega mais rápido do que pensamos e, logo ali, pode estar a necessidade de uma aposentadoria, por exemplo. Melhor começar cedo, não?! Poupando pouco nem dói tanto. Vai que bate aquela vontade de ser uma daquelas pessoas que na terceira idade curte a vida como ela deve ser curtida… com paz, tranquilidade e recursos para fazer o que desejar.

Cada um com seus sonhos, com seus objetivos de vida que não devem e nem podem nunca desaparecer entre a rotina e os problemas do dia a dia. Para se manter motivado e inspirado (sinônimo de aguentar os trancos de qualquer existência) é necessário ter vontades e muitos planos!

  • %
19 junho 2014
Escolha as suas palavras

Atraímos o que entregamos ao universo e, por isso, devemos nos policiar quanto ao que despejamos no mundo

words

Cada palavra que sai da nossa boca é um pouco do que somos. Cada ofensa, cada xingamento, cada fofoca é a tradução dos nossos sentimentos. São insatisfações guardadas que exteriorizamos sob a forma de ataques, minando o que há de bom em nós.

Se só nos preocupamos em falar sobre os outros, sendo maldosos com aqueles que nos rodeiam, talvez seja porque isso é tudo o que temos a oferecer ao mundo. Nessa, talvez nos esquecemos de como é ser diferente. Afinal, não é fácil olhar além dos defeitos e falhas.

Quebrar esse vício de criticar aqueles com quem convivemos é tão importante quanto parar de achar que a vida só é ruim e cruel com nós mesmos. O papel de vítima é bem mais confortável que o papel de quem corre atrás, afinal é trabalhoso arregaçar as mangas e buscar algo de melhor para a vida. Ser uma lutadora.

Cuidar das palavras que despejamos no mundo e dos pensamentos que nos consomem deve ser parte importante da nossa rotina, tão importante quanto aquilo que nos alimenta. Afinal, são sensações que nos consomem e, mesmo que a princípio ilusórias, podem se transformar em triste realidade.

Olhar o mundo de maneira mais construtiva, coletando positividade e coisas boas, pode gerar ótimos resultados. A gente atrai o que entrega ao universo. Um exercício que vale tentar.

  • %
16 junho 2014
Se joga nas bolinhas

A estampa de poás possui diversas possibilidades, com variações de tamanhos, uso e combinações

dots_1

A estampa de poás já apareceu na moda em diversos momentos. Com tamanhos diversos e possibilidades variadas de combinações, permite a construção de um look divertido e charmoso. 

dots_2

Nas cores preto e branco, as bolinhas são especialmente clássicas e geram um resultado que remete à década de 50. Já no tamanho mini é super delicada, sendo que ganha ares de modernidade e ousadia nas versões agigantadas.

dots_3

É interessante pensar nas possibilidades de combinações, como no mix de póas de cores ou tamanhos distintos ou mesmo na mistura das bolinhas com outras formas geométricas. Nada mal.

dots_4

Para quem gosta de equilibrar as proporções, a estampa com bolinhas grandes amplia a região do corpo na qual é apicoada, enquanto as bolinhas pequenas geram efeito contrário.

 

11 junho 2014
7 conselhos para quem ainda não encontrou um amor

 

Não existem regras sobre o amar ou normas para quem quer amar. No entanto, algumas palavras podem, em alguma momento, indicar um caminho a ser seguido para os que sentem que não há mais esperança e nem motivos para tentar.

love

1. Nunca é tarde, assim como nunca é cedo demais. Como dizem por aí, o amor é uma dessas coisas arrebatadoras, que chega quando você menos espera. E surpreende. Como uma chuva de verão. Você nunca sabe quando vai acontecer, mas precisa estar preparado. Precisa estar disponível, não no status de uma rede social, mas de alma. Estar disposto a encarar as dificuldades e os medos que o sentimento impõem é o que diferencia os que conseguem dos que se escondem no medo do compromisso. Abolir-se de preconceitos e, principalmente, do medo de tentar faz a diferença.

2. Se livrar do passado é essencial. Para viver um novo amor, não há como estar acorrentado a sentimentos de ontem, a vontades latentes que surgem novamente a cada esquina. Não há como substituir um pelo outro. A troca, se assim for chamada, acontece de maneira natural. Caso não, gera efeito desastroso. Deixar para trás algo sabendo que queria ter tentado mais – ou o que não estava pronta para superar – não é lá muito agradável. Mas, como saber?! Não há. Só é preciso virar as páginas. Sempre.

3. Aprender que as diferenças podem ser maravilhosas. Duas peças podem se complementar, como em um quebra cabeça que precisa de partes diferentes para formar algo maior e grandioso… incrível! Quando vivemos tão próximos de alguém e aceitamos nos abrir, devemos, da mesma forma, aceitar os erros alheios. Daí a importância de respeitar, para ser respeitado. A questão é saber até que ponto as falhas te incomodam e podem ser levadas como um resfriado que não atrapalha a rotina.

4. Curtir a felicidade de maneiras diferentes. Além das luzes piscando e do som alto há um mundo de verdades e sentimentos que não se apagam quando a noite termina. Da mesma forma, a felicidade pode estar em coisas muito mais simples do que você imagina, só não experimentou ainda. Nada de preconceitos. Antes de achar convites desinteressantes, vale tentar. Talvez seja isso o que vai lhe despertar borboletas no estômago.

5. Isso também passa. Aquela sensação de que todos são iguais e todo e qualquer um é, nada mais, que só mais um… é puro preconceito. Mais ora, menos ora, se mostra falsa. Existe em cada reta uma curva inesperada e é ela que devemos buscar se queremos mudar o rumo da situação. Ela é a saída para outro mundo. Mas, se continuamos insistindo nos mesmos tipos, no mesmo padrão, vamos continuar indo para o mesmo caminho tortuoso.

6. O que querem para você nem sempre é o que você quer. Lhe contaram que você deveria sonhar com um príncipe encantado, aquele que vai cuidar de você e vai lhe manter segura. Mas, nem toda mulher precisa disso. Ainda bem. Algumas querem coisas totalmente diferentes e isso é o mais legal do amor! Aliás, para a mulher, o amor até mesmo ganhou novos significados. Querer e sonhar com tipos distintos, que buscam, da mesma forma, estilos e personalidades que não saem de uma forma quadradona, é o que faz duas pessoas se completarem.

7. Nada é eterno e nem permanente. O que funciona hoje, pode não funcionar amanha. Devemos estar cientes da possibilidade da mudança, pois sentimentos não são imprevisíveis. Quando vivemos uma troca não é imaginável adivinhar o que está passando na mente e na vida do outro. Perder o seu tempo tentado controlar as decisões e vontades alheias e tão inútil quanto querer forçar o amor. Mais simples é curtir o momento e se sentir abençoado caso, um dia, você tenha tido a sorte de saber o que, de verdade, tal sentimento.

  • %
02 junho 2014
Chuva de imagens

Acessórios de cabelo garantem o sucesso do visual

cabeça_1

Se antes os acessórios de cabelos eram raros e pequenos, hoje eles são parte importante do look. Muitas vezes desempenham papel de destaque no visual.

cabeça_2

Das tiaras aos arcos, passados pelos laços e bandanas, são complementos que acrescentam muito charme ao visual.

cabeça_3

A questão é não ter medo de usar e segurar a mão nos demais acessórios. Brincos, por exemplo, devem ficar em segundo plano.

cabeça_4

Para um visual bem despojado, os lenços amarrados na cabeça e as tiaras de flores são perfeitas.

cabeça_5

Já para um visual mais arrumadinho, os arcos e tiaras com pedrarias geram um efeito perfeito.

  • %