Conversinha Fashion » Arquivos » It’s a wrap, por DVF
13 fevereiro 2014
It’s a wrap, por DVF

Vestido envelope celebra 40 anos valorizando a silhueta das mais diversas mulheres

wrap_0

Não é qualquer vestido que consegue a proeza de valorizar a silhueta  de todas as mulheres. Mas o wrap dress – ou vestido envelope – de Diane Von Fustenberg é capaz de marcar a cintura, ressaltar a linha do colo e alongar as formas com elegância e feminilidade na medida. A peça, clássica e atemporal, é item indispensável no guarda-roupa de toda a mulher. O legal é perceber que o vestido possui diversas possibilidades, entre comprimentos e formatos que se alternam na modelagem da peça que literalmente envolve o corpo da mulher.

wrap_1

O vestido envelope clássico, com comprimento na altura dos joelhos, mangas longas, decote em V e amarração lateral, consegue a maravilhosa façanha de esconder as gordurinhas, afinar a cintura e revelar toda a sensualidade da mulher. A saia levemente ampla faz com que a peça não fique vulgar e, querendo ou não, é tudo o que uma mulher pode querer.

wrap_2

No entanto a moda, com o passar dos anos e das décadas, já tratou de reinventar a criação do vestido de DVF. Atualmente é possível encontrar peças com volumes, recortes, comprimentos e modelagens diversas. Comprimentos mini garantem a jovialidade enquanto os longos ou os franzidos diferenciados brincam com uma peça que foi um marco na indústria da moda.

wrap_3

Não existe uma maneira única de usar. Mas, a forma mais fácil de potencializar o efeito do vestido envelope é combiná-lo com sapatos como o scarpin, que revelam 100% do peito dos pés e criam aquela ótima longa linha que prolonga todo o corpo. Para quebrar um pouco da possível seriedade da peça, vale investir em sandálias diferenciadas, abotinados e complementos como jaquetas ou acessórios que dão um toque mais moderno ao look.

wrap_4

Diane fez um favor ao guarda-roupa feminino quando criou o vestido envelope. Com um truque de mestre, ofereceu uma possibilidade muito charmosa e interessante às mulheres que deve ser explorada sem medo.

  • %
Deixe um comentário em "It’s a wrap, por DVF"

Comentário Fechados.