Conversinha Fashion » Arquivos » O que você não precisa usar
18 novembro 2013
O que você não precisa usar

Uma tendência que não inspira e não gera desejo de compra não merece o investimento

oquequer

Nem toda tendência é legal. Alguns modismos são pra lá de esquisitos e não deveriam cair no gosto geral apenas pelo fato de mera, e simplesmente, serem usados por pessoas que supostamente ditam moda. O top curto, a bota de grife com correntes e a calça aberta na lateral são algumas das tendências atuais que, na vida real, não funcionam tão bem. Disseminadas em marcas diversas e, além disso, reproduzidas de maneiras variadas, essas peças acabam não sendo bem incorporadas ao dia-a-dia de pessoas normais – com trabalhos formais (ou normais) e tarefas corriqueiras, dessas que pedem muito mais personalidade na hora de vestir do que uma pegada mega antenada, cheia de modismos combinados, como um editorial da Vogue. No contexto fantasioso dos looks do dia (com referências por vezes vagas para pessoas reais) as ideias nem mesmo chegam a fazer sentido. São inspirações que não inspiram e se perdem na realidade daqueles que não tem uma silhueta tão em forma ou batem de frente com quem não quer – e nem pode – investir em peças temporárias, datadas e que não agregam muito ao guarda-roupa.

Estes modismos temporários, mas de danos extensos geram estragos que se transformam em insegurança. Ao levar para casa uma peça tendo como base apenas a ideia de que aquilo funciona em outras pessoas e que é um item de status (a tendência “tem que ter”), isso acaba gerando uma baixa autoestima projetada quando o resultado não é tão legal, na vida real. O que acontece é que lá no fundo, a tendência estranha (ou inútil) não é genuinamente interessante, e apenas carrega o alvará de quem é ícone, sendo batizada por um grande estilista ou uma grife de luxo. Daí, fica a pergunta. Para que e por que querer algo que não é tão legal assim?! Melhor é investir no que realmente inspira e gera desejo – não apenas de compra, mas de uso.

  • %
Deixe um comentário em "O que você não precisa usar"

Comentário Fechados.