Conversinha Fashion » Arquivos » Mude o trajeto
24 junho 2012
Mude o trajeto

Uma rota viciada guarda o peso contrastante do conforto e do distanciamento da possível felicidade

Quando você se sente prezo ao chão, talvez seja o momento de se movimentar e dançar com a vida para se libertar do que lhe arrasta para baixo. É nessas horas que vale a pena ignorar regras impostas pelo mundo, questões puramente sociais que lhe inibem ou lhe afastam do que você considera real e importante. É quando você se sente prezo, e se sente triste por isso, que vale a pena cortar ligações com o que lhe faz mal e se liberar para uma vida mais leve, com menos cobranças e mais realizações. É ai que abrimos as portas para coisas boas, quando deixamos de lado energias ruins para curtir boas vibrações.

É automático. Quando estamos ali prezos ao que temos de pior, estamos em um constante processo de limitação, um eterno caminho vicioso onde entramos e saímos pela mesma porta sem encontrar um lugar que seja melhor. As vezes é preciso mudar o trajeto, arriscar um caminho novo para que algo fora da mesmice aconteça. Estamos sempre limitando nossas conquistas quando deixamos que opiniões alheias inferiram na nossa história. Mais uma vez, e sempre, somos nós os autores de nossas próprias histórias – em um mundo que é um mar de possibilidades.

Deixe um comentário em "Mude o trajeto"
  1. Mai
    25/06/2012

    Exatamente o que precisava ler!

    Estou considerando mudanças muito importantes e breves na minha vida… Claro que o conforto do que já deu certo pesa e muito! Mas tem coisa melhor do que dançar na vida?!

    Adorei o post!! :))

  2. Luciana
    25/06/2012

    Também estou a caminho de mudanças, e ler isso foi perfeitamente adequado. Fechando uma etapa que me desgasta e me frustra para tentar um sonho há muito acalentado.
    Abraços.
    Luciana

  3. Amanda Medeiros
    29/06/2012

    Luciana, que bom! =)
    Siga confiante… essas fases de mudanças são importantíssimas e trazem bons frutos, sempre. Qualquer amadurecimento é válido.

  4. Amanda Medeiros
    29/06/2012

    Mai! Você vai longe demais!
    Devo dizer que depois de te conhecer um pouquinho mais, saber das suas ideias e etc., fiquei ainda mais fã e tenho certeza de que você vai muito longe!!
    Bjs!! =)