Conversinha Fashion » Arquivos » O que importa de verdade
26 fevereiro 2012
O que importa de verdade

As meninas da Oficina de Estilo jogaram no twitter uma (ou mais uma) grande verdade. “por que né gente, o que importa DE VERDADE é ter família com saúde, amigos atenciosos e contas pagas em dia. moda vem beeem depois. <3″…. que me lembrou de uma história que sempre falamos aqui no Conversinha. O que você tem é o que te define?! Sejamos mais realistas. E não, isso não é um manifesto – muito pelo contrário. Costumo dizer que “jabá que nada, eu quero é dinheiro”. Digo isso com tom de brincadeira, mas é porque sei do valor do meu trabalho, sei que 2000 caracteres valem mais do que um vale para comprar um sapato com desconto e sei, também, que um kit de beleza de uma marca que eu nem gosto não vai me fazer escrever bem sobre essa marca. Talvez por isso o Conversinha continue sendo, e sempre será, o que é… um espaço para poucas e boas reflexões. Um espaço livre, cuja qualidade e grau de satisfação (para mim) não é medido pelo número de acessos. E, talvez mesmo por isso tudo (!) seja minha maior fonte de clientes. Isso sim me interessa… mudar vidas, melhorar a rotinda de homens e mulheres, facilitar o ato diário do vestir de pessoas comuns… e não deixá-las loucas para comprar, gastar, ter, acumular. Trata-se de quebrar um pouco dessa mania de focar no consumismo e esquecer de tudo o que há na vida, bem além de lojas e conquistas materiais. São as conquistas pessoais, entre amores ou realizações de sonhos, que fazem a gente vibrar por completo. E por mais que em todas elas o dinheiro tenha valor, ele passa a ser apenas uma parte e não a totalidade da história.

Já me disseram que escrevo demais. Achei ótimo, um grande elogio! Afinal, tenho muito o que dizer, sobre qualquer assunto (mesmo não dominnado o assunto) e com isso não preciso fazer posts com 30 imagens e uma linha descrevendo a ideia como “Inspire-se”. Nada contra, só não é para mim e nem para o leitor do Conversinha que gosta, mesmo, de conteúdo. É um espaço para quem quer aprender e, a partir disso, tirar suas ideias. É também um lugar para desabafar, para dizer coisas sinceras demais (como essas) ou mesmo para falar de bobagens, que alegram nossos dias cinzas.

Eu sei, fui longe e já estou literalmente desabafando. Estou dizendo coisas que digo em casa, para amigos, para conhecidos, para qualquer pessoas que me conhecem na vida real. E nessa vida real, sou o que sou aqui. Alguém que não tem todas as tendências (e nem quer ter), que já sonhou com uma bolsa super cara, mas preferiu investir em outras coisas, e que pensa duas, quatro, seis vezes antes de comprar qualquer coisa, mesmo tendo lapsos de loucura após, ou antes, antedimentos no shopping (shopper é uma tentação difícil) que fazem com que eu compre, mesmo sem precisar, uma calça super quente com estampa de cobra – afinal, acho que mereço e/ou todos merecemos. E, por fim, volto para a inspirada postagem da Oficina de Estilo. O que vale é ter saúde, estar perto das pessoas que amamos, trabalhar para pagar as contas e certas extravagâncias (que geram felicidade). Mais do que mostrar, vale sentir.

Deixe um comentário em "O que importa de verdade"
  1. Luciana Pereira
    26/02/2012

    Mandinha, andei sumida devido a vida corrida, mas com um tempinho a mais, venho sempre “te ler” rs. E amei,ne? Nem preciso dizer mais. Simples assim! =) Concordo 100%! bjo

  2. Liza
    26/02/2012

    Ótimo post, naqueles momentos que a gente para pra pensar na vida não acredito que ninguém tenha como grande recordação o momento de uma compra de uma bolsa, ou um sapato novo, tem tantas outras coisas na vida que dão uma satisfação maior e muitas vezes permanente, pena que muitas vezes nos esqueçamos disso.

  3. Taís Rolim
    26/02/2012

    Amanda,

    É por posts como este que eu sempre estou aqui, lendo, tirando inspiração de verdade, e sobretudo concordando com vc sobre o real valor das coisas e da moda. Raros são os blogs de moda que realmente me agradam, e eu, assim como vc, tenho a mesma opinião sobre todo esse mundo que criaram e ‘colocaram a moda dentro’, como se ela fosse esse supérfluo todo que vemos por ai… triste! Já me disseram tbm que escrevo demais e os acessos do meu blog não são nada comparados e tantos outros por ai.O blog agora está em stand by, mas não por esses comentários e sim pelo trabalho que ganhou outros rumos.
    Obrigada por compartilhar conosco conteúdo de qualidade.

    Bjos com carinho!

  4. Bruna Honório
    26/02/2012

    Amanda,
    Concordo plenamente com vc e adorooooo tudo o que vc escreve, muitas vezes me inspiro com suas palavras, amenizam dias ruins e exalta os dias bons! Espero que vc não mude, ao contrário, saiba que tem um público que te admira! Sucesso e realizações sempre! Grande abraço.

  5. Alini Raquel
    27/02/2012

    Eu amo o Conversinha…s2

  6. Leila Rodrigues
    28/02/2012

    Querida Amanda, ler os seus posts faz um bem imenso não somente ao coração, mas principalmente ao espírito e a alma dos verdadeiros sentimentos reais e essenciais que eleva o ser humano há um plano de vida cada dia melhor.

    Um grande abraço!
    Adoro o Conversinha!!

  7. Renata Flávia
    29/02/2012

    Eu também sumi e mesmo quando apreciava o Conversinha, não deixava o comentário, que é tão importante. Mas, estou de volta e comentando! Acho que o singelo comentário da Alini Raquel pode resumir o comentário estilo testamento que eu escreveria, haha. Porque é a pura verdade! Eu também amo o Conversinha!
    É um blog que fala de moda, porém, não focada para o consumismo que é o que a grande maioria faz. É um espaço de gente que se importa com a imagem, mas não faz dela prioridade. Honestamente, fico cansada de ver nos blogs as tendências de inverno de Londres, das diversas sobreposições, casacos de pele… Nós moramos em um país tropical, será que ainda não perceberam isso? Nem mesmo no inverno faz tanto frio assim! E eu me apaixono pelos seus posts de consultoria, você é muito sagaz na escolha dos looks. Sempre com mulheres com perna de fora, com aquela sensação de frescor; e mesmo quando o assunto é calça elas não estão escondidas atrás de casacos e cachecol! Não sei se é porque sou carioca e sofro com o calor durante o ano todo, haha. Mas pra mim, o Conversinha sempre foi e sempre será TOP LIST! Eu aprendo muito aqui! Obrigada por compartilhar conosco todo seu conhecimento, Amanda!
    Beijos, Renata.

  8. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Lu, senti sua falta… =)
    Mas a vida é assim mesmo, uma eterna correria.
    Bjs e apareça!

  9. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Liza, não é?! São tantas coisas maiores… o importante é lembrar disso vez ou outra. =) Acho que já serve como referência.

  10. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Taís, e a vida fora do blog e da internet é tão cheia de coisas boas, não?! =D
    Por isso deixar o blog em stand by pode ser ótimo.

  11. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Bruna, obrigada pelas palavras.
    E obrigada por estar sempre por aqui.
    Bjs!

  12. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Aline, que bom!!! =DDD

  13. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Leila, fico muito feliz… mesmo.
    Bjs!

  14. Amanda Medeiros
    29/02/2012

    Renata, fico muito feliz com seu comentário… e as palavras da Alini para mim foram super importantes.
    O mais legal é ter leitores super legais! =D Mesmo.
    Bjs!

  15. Debora
    01/03/2012

    Amanda, sempre acompanho seu blog, nunca comentei, mas gosto sempre de tudo que é postado, ultimamente exclui das minhas visitas alguns blogs que ficaram famosos, porque ora o post é sobre o dia da blogueira ora o post é de alguma viagem patrocinada, onde elas rasgam elogios aos produtos do patrocinador, nada contra se elas estão faturando, mas é o que você disse, super incentivo a apenas consumir, consumir e consumir, lendo alguns comentarios desses blogs , percebo que a maioria não são para trocar idéias , e sim para tietar a blogueira, ou seja fãs que querem saber até a cor da calcinha delas rs… Como não me identifico, então desisti de visitá-los.

    Estarei sempre acompanhando seu blog.

    Bjos