Conversinha Fashion » Arquivos » Me deixa ir com você
25 janeiro 2012
Me deixa ir com você

Não há motivo para desistir se ainda há um fio de vontade pedindo para ficar

Aprendi a não desistir, a não abaixar a cabeça a cada resposta negativa, a cada dificuldade que aparece pelo caminho. Desistir é fácil demais e devo dizer que coisas fáceis não são as mais interessantes. Por vezes, é melhor seguir firme na tempestade, com a cabeça erguida, com vontade de sair viva, ainda que molhada, encharcada, com a sensação de que partimos de um ponto e chegamos a outro. A chuva, aliás, revigora e trás um espírito novo, uma sensação de que tudo foi muito bem feito, ainda que a paisagem tenha mudado. Entre muitas opções que nos são oferecidas pela vida nem sempre as que mais nos encantam são as mais simples, as que estão ali ao nosso alcance. Por vezes, é o desafio que faz o coração bater mais forte. No entanto, querer nem sempre é o suficiente. Acontece que quando há um outro lado envolvido, há também uma outra história, com outras vontades, com outras desejos, com outras motivações. E, se essas não batem, não há como lutar. A tentativa é válida, a busca pelo resgate, pelo reencontro, e não há nunca uma mínima certeza de que algo irá se realizar. Há de ter paciência e serenidade para aceitar a hora do fim ou mesmo a hora de seguir em frente. Enquanto essa hora não chega, ou enquanto ainda há um fio de esperança, podemos nos dedicar completamente ao que ainda existe. Porque são muitos os momentos difíceis e se os bons são realmente bons, podem servir como inspiração para se manter firme, seguindo em frente. Ninguém disse que seria fácil, que seria simples, mas a vida disse que pode sim valer a pena. Em se tratando de amor, tudo vale. Em se tratando de paixão, seja por quem for (pelo que for) todo esforço é digno de admiração.

Aceitar os próprios erros, tentar crescer com eles. Aceitar, também, que só podemos mudar o que somos e que não podemos mudar a opinião e os sentimentos alheios, estes que guardam sim seus mistérios, suas decepções, suas novas paixões (ainda que tentamos fingir que não). Mesmo assim, não dá pra desistir e dizer “vá em frente”. O melhor, se é esse o desejo de ambas as partes, é dizer “vá em frente e me deixe ir com você, ao seu lado”.

After all… I’m just a girl, standing in front of a boy, asking him to love her…

Deixe um comentário em "Me deixa ir com você"
  1. Camila Gomes
    30/01/2012

    Uma coisa nada e tudo a ver: Amo Nothing Hill. Demais!

  2. Amanda Medeiros
    31/01/2012

    Também amo, Camila! =)