Conversinha Fashion » Arquivos » Como comprar: lojas populares
20 dezembro 2011
Como comprar: lojas populares

Lojas populares escondem achados, entre agradáveis surpresas que valem o esforço de procurar e garimpar

Muito se escuta que é impossível comprar roupa legal em lojas como C&A, Renner, Riachuelo, Marisa e afins. Bom, balela. É sim possível garimpar peças bacanas, principalmente se o que você busca não é qualidade eterna. Qualidade, aliás, não combina com produção em massa e isso vale muitas vezes para Zara, H&M e, principalmente, para Forever21. As roupas dessas grandes redes tendem a ser descartáveis e não passam por um bom controle de qualidade, o que diminuiu os custos e aumenta a chance de erros na modelagem e, também, nas costuras que facilmente se desfazem. Mas, nem tudo está perdido afinal uma peça nem sempre é minimamente igual a outra e, por tal razão, você pode encontrar uma luz nas araras

Essas lojas mais baratinhas, e de qualidade duvidosa, são ótimas para comprar todas aquelas tendências que ainda não se eternizaram no seu guarda-roupa. No entanto, aquelas peças que você sabe que precisar sempre, e vai usar muito, tendem a ser base para investimentos um pouco mais pesados. Vale a velha regra do custo x benefício.

Peças de uma mesma loja popular. Contraste entre estilo, lavagens, exagero e detalhes ultrapassados. Basta procurar com carinho.

O que encontramos nas grandes redes? Shorts jeans cutinhos, camisetas podrinhas, regatas com rendinha, calça social sem detalhes além de vestidinhos para praia ou mesmo alguns mais arrumadinhos. Vale ficar de olho em caimento, claro. Acessórios como colares ou pulseiras também podem ser boas aquisições, mas é preciso ter paciência para olhar calmamente as araras que, quase sempre bagunçadas, são uma mistura de desastres e bagatelas. Para quem não tem a menor paciência para olhar, olhar, olhar e olhar (sem exagero) vale ficar de olho em blogs como o Futilish que sempre contam onde encontrar coisas legais. Quebrar preconceitos, antes de tudo, é primordial. Já passou o tempo de julgar as roupas pela etiqueta… mesmo porque muitas lojas caras, com peças que custam seis dígitos, possuem a mesma qualidade duvidosa que é encontrada em Hering e afins.

Blogueiras do F.Hits mostrando que dá para encontrar peças legais em uma das lojas populares com preço mais baixo. As características seguem orientações básicas.

  • # Peças limpas
  • # Aviamentos neutros
  • # Fuja de lavagens
  • # Tecidos pouco sintéticos
  • # Modelagens simples
  • # Estampas clássicas
  • # Caimento desestruturado

Pois bem. O que estraga as lojas populares é a mania insistente de papagaiar as peças, com pedrinhas, brilhos e estampas localizadas totalmente desnecessárias nada vida de uma pessoa. Sabemos que limpeza visual é o que há e que os enfeites, ou detalhes, precisam ser bem aplicados para de fato funcionar.

Deixe um comentário em "Como comprar: lojas populares"
  1. Lia
    20/12/2011

    C&A, Riachuelo, etc… além de não terem roupas de boa qualidade, têm as vendedoras de cartão da loja. São chatas, insistentes e atrapalham as consumidoras na hora das compras. Se essas lojas colocassem um quiosque, ou algo parecido, pra elas venderem os cartões seria bem melhor. Assim, só iria até elas quem realmente quisesse fazer os cartões da loja e as consumidoras que não os quisessem poderiam fazer suas compras sem serem incomodadas. Por esses motivos só compro na Zara que não tem vendedoras abordando as consumidoras e as roupas têm qualidade um pouquinho melhor. C&A, Riachuelo, Mariza, etc…acabem com esses “erros” que as clientes agradecerão!

  2. Amanda Medeiros
    20/12/2011

    Lia, concordo com você que é muito chata essa insistência para empurrar o tal cartão da loja… mas eu já acostumei a responder que “tenho”, mesmo não tendo, só para ficar livre.

  3. Camila Gomes
    20/12/2011

    Eu compro muitas roupas e acessórios nas lojas de departamento. Tem que ter paciência, tanto para procurar, como para experimentar. Quem tem, faz bons achados. Tenho várias roupas que duraram bastante e são de lojas de departamento.
    Depois do livro da Danuza Leão, acho que as únicas coisas que vou pagar mais são por sapatos e jóias. E no máximo um relógio, daqueles clássicos, de metal, de uma marca tradicional, no modinhas. Será minha próxima compra.
    Vale a pena a leitura.

  4. Sara Amoedo
    20/12/2011

    Adoro lojas de departamento, principalmente a Renner, sempre encontro clássicos lá e o segredo é fazer como vc. recomenda no post. Inclusive comprei a saia longa com estampa de onça. E quanto as vendedoras de cartão… quando se aproximam vou logo dizendo: Quero não! Depois disso, posso fazer meu garimpo tranquila!
    Bjinhos e adorei o post!