Conversinha Fashion » Arquivos » Jogos de vingança
25 setembro 2011
Jogos de vingança

Entre razão e emoção, desejo de vingança e real esquecimento… superar quer dizer deixar para trás.

Na vida existem momentos de chances, de opções, de escolhas que podem piorar ou melhorar nossas vida. Essas mesmas escolhas, com suspiros de mudança, podem estragar o que está funcionando perfeitamente bem, o que nasceu para dar certo. São as tentações, os testes que parecem vir para medir o quanto realmente queremos algo, que indicam o quanto estamos dispostos a abandonar para seguir nesse caminho. Ceder. É impossível ter tudo, mas é possível ter o que mais precisamos naquele exato momento.

Não há como saber se as decisões tomadas foram acertadas, ou desastrosas. É com o tempo que aparecem as respostas e estas, até mesmo estas, não são garantia de nada. Seguir o coração é um dos conselhos mais rasos existentes, mas ainda assim é um dos mais reais para certas situações – quando não para todas. A razão carrega muita lógica, carrega uma visão seguida por padrões que nem sempre são válidos para uma vida real, vivida por pessoas repletas de sentimentos. Entre razão e emoção, entre lógica e sensibilidade, a maior dúvida de qualquer e todo momento.

Assim como é possível defender emoções, é possível defender a razão. Ir pelo lado racional também é importante, principalmente para dosar os prós e contras. É aí, nesse simples detalhe, que a fórmula faz sentido. Entre momentos de felicidade, paz, tranquilidade, diversão e cumplicidade por que arriscar um outro lado repleto de referências opostas? Lágrimas, raiva, decepção, sentimentos e sensações que ficaram para trás. Mera vontade de tentar de novo por vingança? Em jogos de vingança quem mais perde é aquele que, por alguma razão, quer deixar sua mensagem final. O outro, já nem sei importa mais – e nunca importou. Entre razão e emoção, vingança e esquecimento, a realidade que superar quer dizer deixar para trás – dizer adeus, de corpo e alma, e viver intensamente aquilo que lhe faz feliz.

Deixe um comentário em "Jogos de vingança"
  1. Bruna
    26/09/2011

    Amanda! Adoro seus textos, incrível como conseguem traduzir muito do que sinto… Sua sensibilidade em falar de assuntos difíceis me faz te admirar mais! Parabéns pelo blog, tenho recomendado pra todas as minhas amigas, bjão.