Conversinha Fashion » Arquivos » Um final feliz
08 agosto 2011
Um final feliz

Cada memória e cada história que se foi é parte da construção do futuro, do sonho de um final feliz.

Foi assim, com a promessa de que a história sempre teria um final feliz. E, por que não? Não é preciso se apegar ao pessimismo e acreditar, fortemente, que em toda linha de chegada há drama e sofrimento – que histórias antigas, não tão envolvente (ou envolventes por demais) vão se repetir. O passado nunca se repete com exatidão; ele muda, mesmo que apenas nas entrelinhas. Nesse meio tempo, entre dias cheios de tarefas e esperas, fica a saudade que abre a porta da incerteza; essa que, acima de tudo, é grande sabotadora de boas expectativas. Quase a mãe do pessimismo, do convite ao desastre. Enquanto isso, existem outras opções além de aguardar o momento final… enquanto o que passa na tela, o que está sendo transmitido, acontece e é vivenciado em tempo real. Ver e viver. O que importa, nessa hora, é vibrar com a experiência. Ainda assim há o que assusta no pequeno atraso da transmissão, fruto de lapsos da própria vida; um choque de realidade, medo e frio na barriga, que parece puxar os pés para o chão. Detalhe, este, que também faz sentido em épocas de grande alegria e satisfação… que lembram noites boas cheias de sonhos incríveis. Mas, nada acontece por acaso e nada muda da noite para o dia. São sentimentos construídos, cheios de histórias passadas que fazem parte da construção e do preparo para um futuro mais feliz e proveitoso. Ao menos foi o que, sabiamente, me disseram. Cada passado, cada história que se foi, deixa suas marcas e nos preparar para novas oporunidades. É até mesmo por essa razão que somos o que somos; tudo se dá porque temos bagagem, em passados que se encontram com disposição para construir um grande futuro – também me contaram isso. Entre esses acontecimentos, rastros e traços que deixam claro que chega a hora de um final feliz – ao menos, por hoje. O sempre fica para a vida, fica para depois. O eternamente fica com o acaso, longe de qualquer planejamento.

Deixe um comentário em "Um final feliz"
  1. Chris Ribeiro
    08/08/2011

    Amandita,

    Perfeito!!! Que sensibilidade!

    Saudades!