Conversinha Fashion » Arquivos » Entre pontos e arremates, o artesanal
26 julho 2011
Entre pontos e arremates, o artesanal

Crochê, tricôt e linha. Os elementos artesanais, na construção de tecidos ou aplicações, ganham força como opção já para o inverno ou, logo mais, para o verão

Entre as muitas referências que estão emvoga nas lojas, e já nas ruas, as peças em crochê, tricôt ou linha mostram a força atual dos elementos artesanais. Estes já foram explorados de diversas maneiras, com essência romântica ou moderna. O que surge, agora, é uma mistura de tudo isso.

O tricot fechado, pesado, deve ser acompanhado de peças justas, curtas, que revelem algo da silhueta. Para não agregar peso visual extremo na silhueta é importante trabalhar com esses contrastes. Já com o tricot leve, fino, vasado ou suave as peças adicionais podem ser mais pesadas, ou mesmo é possível investir em sobreposições ou modelagens trabalhadas.

Uma forma fácil de explorar esse universo artesanal, sem precisar apostar nas peças inteiras, é procurar os itens com pequenos detalhes em crochê ou mesmo em algum tipo de renda com aparência manual, que combina muito bem com detalhes mais modernos. O que pode ficar muito caricato é o artesanal dominante em modelagens sem graça; que seja ousada, ou clássica, para mostrar personalidade.

Outra opção, ainda mais diferenciada, é o tricot desgastado, próximo do rasgado, que conversa bem com jeans lavados ou mesmo com couro – uma interessante harmonia.

Assumir a essência do visual artesanal, trabalhando com algo um pouco mais antiguinho de estilo vintage, também funciona super bem! Basta abraçar essa referência. Sempre, em estilo, fica no meio do caminho é o que é o mais complicado…

Entre os elementos complementares, os calçados e bolsas, a ideia de que as sapatilhas e os sapatos de salto enviam mensagens mais românticas e femininas, por sua vez os oxfords, botas ou coturnos são mais dramáticos e modernos. Façam suas escolhas e, por fim, suas apostas.

Deixe um comentário em "Entre pontos e arremates, o artesanal"
  1. Manu Demonti
    27/07/2011

    Sou até meio suspeita pra dizer algo porque sou suuuper fã dessas peças handmade…Aprendi crochet com minha avó e sempre quedá um tempinho eu invento uma peça nova…
    Adorei o post amore!
    Beijoca
    Manu

  2. Amanda Medeiros
    27/07/2011

    Manu, eu até não gostava, com excessão de alguns tricots, porém gostei tanto da forma com que algumas pessoas aplicaram as peças (assim mais moderninho) que já estou pensando em formas de inserir isso no meu dia-a-dia. E nossa… crochet de vó é sempre mais perfeito!! Aproveita então para colocar em prática seus dotes. rsrs =D Bjs!