Conversinha Fashion » Arquivos » Elas chegaram… liquidações!
28 junho 2011
Elas chegaram… liquidações!

Corram, corram com parcimônia, mas corram! As liquidações já estão aí, assustando até mesmo quem já esperava os descontos mais cedo este ano (eu!). As vezes tímidos, discretos, eles já estão com tudo em algumas lojas – que matam o estoque com maravilhosos 50% off. Enquanto isso não se deixe cair em tentação com o excesso de compra ou mesmo com o tal do, já citado aqui, desconto progressivo que estimula a aquisição de quatro ou cinco peças até chegar a um valor razoável abatido no montante total. Tenha certeza de que até mesmo essas lojas mais “pão duras” em início uma hora chegam no tão ambicionado 70% – aproveite que pode esperar.

Enquanto isso, algumas verdades quase que permanentes sobre as liquidações.

– Vendedoras tendem a dizer que a peça que você provou, e gostou, é a última da loja. Sim, pode ser. Mas também pode ser que não seja, que ela esteja apenas blefando. Sofrer e comprar sem poder/querer? Lógico que não. Pode ser a roupa mais perfeita do universo… você vai encontrar uma substituta mais hora, menos hora. Pode ser que não seja aquela que você queria, mas nua você não vai ficar.

– A famosa afirmativa de que a liquidação acaba amanha. Ok, pode ser que sim, pode ser que não. Mas você consegue perceber essa data na própria vitrine da loja, ou pela época. Se a liquidação começou agora, pode ter certeza de que ela não vai acabar muito rapidinho já que ainda não é hora de colocar a coleção de primavera nas araras – nem mesmo uma prévia. Calma lá.

– Elogios exagerados, desesperados. Não acredite em muitos elogios vindos das vendedoras e cuidado em dobro com qualquer empolgação exagerada, já que em tempos de liquidações as trocas costumam não ser permitidas. Claro que isso é um direito teoricamente garantido pelo código do consumidor, mas pode ser que isso gere uma dor de cabeça maior que qualquer compra frustada. Tenha certeza do que está fazendo.

Sempre afirmam que a peça vai ser muito utilizada na próxima estação… que o preço está ótimo, que é clássica, atemporal, indispensável, perfeita, sucesso de vendas… não dá. Se você gostou, pode comprar, acha que vale a pena e precisa… por que não?! Mas tente sentir se você está sendo levada pelo impulso consumista fruto da sensação de boa oportunidade. Estamos sempre querendo vencer o mundo, ser mais espertos que os demais ou mesmo construir um guarda-roupa sucesso com pouco investimento – isso não se faz com milagre e liquidações são meras oportunidades, nunca a única saída. Assim, continue com o pensamento da compra bem bolada focando no que você precisa e do que sente falta no guarda-roupa. Já parou para pensar sobre isso?

Deixe um comentário em "Elas chegaram… liquidações!"
  1. Camila
    30/06/2011

    Eu adoro uma promoção, mas nao sei se estou pão dura ou pobre mesmo. Tô achando os descontos muito fracos, muito barulho por nada. Eu ultimamente nao preciso de nada. Esta é a verdade. Mas ainda compro uma e outra coisa, pois sempre existe um desejo dentro de nós, mas com uma cautela maior.

    Acho que com o tempo, eu fiquei menos vulneravel a papo de vendedor. E mantenho na minha cabeça a máxima: Se tiver que ser meu, vai ser. Nunca compro de primeira, isso acontece se vale muito a pena, o que não acontece em 90 % das situações.

    Mas é dificil isso, muito dificil.

  2. Amanda Medeiros
    05/07/2011

    Camis, também estou achando os descontos fracos… principalmente porque quase todos são na base do progressivo, que lhe força a comprar mais do que precisa.
    Acho que o fato de você ficar menos vulnerável é resultado de amadurecimento mesmo… =) e uma compra ou outra, ainda que desnecessária, é importante como lazer e para agregar um toque novo e fresco ao guarda-roupa. Acho que você é a prova de bom aproveitamento de compras e afins… rs muito sensata.