Conversinha Fashion » Arquivos » Uma tendência, várias interpretações
12 agosto 2010
Uma tendência, várias interpretações

A marca MOB vende versatilidade no conceito impresso em sua revista de divulgação – a MOB Mag. A ideia são peças que rendem um amplo número de combinações e podem ser utilizadas em diversas ocasiões, desde looks casuais à propostas mais formais ou elegantes, mesmo que despretenciosos.

Fica claro que as peças são interessantes no geral, mas não são nunca básicas ou complicadas ao extremo – há um meio termo que potencializa ou acalma facilmente a opção. Tudo vai depender da forma de misturar, do seu truque de styling. Com isso fica fácil e prático investir em peças de estação que vão ser usadas a exaustão durante uma determinada temporada. Uma tendência com pegada atual mas nem por isso fora de contexto.

Mas essa ideia não aparece, claro, apenas na MOB; isso é visto em quase todas as coleções e marcas. Uma mesma tendência se repete sistematicamente vitrine após vitrine (por isso uma tendência, dãm) mas sempre com a cara ou personalidade de que faz e vende. Se na Maria Filó, que vimos outro dia, o tom era de romantismo aqui na MOB temos uma pegada já mais sensual e feminina, mesmo que de forma jovem e contida. Por isso que, de uma forma ou de outra, acabamos por nos identificar com uma determinada etiqueta que lhe vende uma imagem atual e ainda assim compatível com nossa personalidade.

E disso podemos pular para uma comparação bem direta, entre uma marca também jovem mas já com uma pegada diferente da MOB e da Maria Filó. Falo da Espaço Fashion que também faz o mix de navy com étnico e jeans com jeans… eu sei gente, é o que está em voga e é essa a questão só que com um toque um pouco mais trabalhado no quesito de complexidade das modelagens e dos detalhes, o que é a cara da EFashion.

Toda essa história indica interpretações que devemos construir diariamente dentro do nosso guarda-roupa, com as nossas peças. Isso é ser dono de seu visual, é ser capaz de se expressar pelas roupas. Se as marcas conseguem, e agradam um grupo de pessoas, por que não vamos conseguir nos agradar?! Aha!

Foram utilizadas imagens do lookbook e catálogo de verão das marcas. As duas primeiras imagens são da MOB. Já as duas imagens seguintes são da Espaço Fashion.

  • %
Deixe um comentário em "Uma tendência, várias interpretações"

Comentário Fechados.