Conversinha Fashion » Arquivos » Na hora da venda…
05 março 2010
Na hora da venda…

Todos os dias de shopper, acompanhamento de clientes às compras, observo o comportamento das vendedoras enquanto aguardo as trocas de roupa ou mesmo o pagamento. Certas falhas são pequenas, quase imperceptíveis, mas outras entram como abusrdas – e tudo é válido no momento do treinamento de vendas. Por isso caros lojistas preparem bem suas equipes pois a combinação de produto ótimo, preço compatível e espaço agradável não é capaz de segurar uma turma de vendedores despreparados.

  1. Circulando. A regra máxima de uma loja é manter um clima calmo, tranquilo e ainda assim movimentado. Nada pior que olhar pelas vitrines e perceber grupinhos em rodinhas conversando num cantinho. Ok, a fofoca pode ser boa… mas isso intimida a pessoa que vai entrar naquele espaço… ela se sente acuada.
  2. O tom de voz. Não falar alto, mas também não falar baixo. Quer coisa mais desagradável que perguntar a cliente aos gritos se o número 46 serviu?!
  3. Mantenha a loja fria. Você pode estar sentindo frio, mas a cliente ao provar inúmeras peças vai acabar sentindo calor… calor desencadeia em mal humor que gera vontade de ir embora, ao invés de gastar. Águinha fresca, cafézinho, música ambiente baixa são detalhes que estimulam a compra. Ah! Cheiros fortes irritam muita gente.
  4. Mantenha a equipe animada. Se você, lojista, não pode passar o dia na loja contrate um gerente fantástico e de confiança capaz de ser seus olhos/ouvidos dentro daquele espaço. Uma supervisão faz toda a diferença e garante a vontade de superação.
  5. Metas premiadas. Quem não gosta de um presente? Ofereça descontos a mais, vale-compras ou uma tarde de folga extra para o top vendedor do mês. Vale ainda ir além, levado os melhores vendedores para as semanas de moda ou mesmo para o showroom ao realizar as compras… veja o que combina mais com seus colaboradores/funcionários.

Tais ideias são parte (mínima) do treinamento de equipe de vendas que aplico em lojas. Hoje existem dois tipos de vendedores… os temporários, geralmente estudantes, e os que nascem com um talento ou vocação para a profissão; treinar ambos é indispensável, seja para tê-los durante três meses ou dez anos.

Deixe um comentário em "Na hora da venda…"
  1. Clarissa
    05/03/2010

    Concordo com tudo isso. Fui vendedora e aprendi tudo isso e realmente climão ruim na loja estraga a venda de todo mundo. E a pior coisa q tem é vc entrar numa loja e ter aquele bolinho de gente conversando e pior, quando as vendedoras não sabem de quem é a vez e ficam discutindo isso na frente do cliente… Hj comprei uma calça linda na Caricatura, tem elástico, perfeita p segurar meu barrigão de 6 meses… rs…
    Daí a loja tava cheia e a moça tava tão desesperada querendo vender, vender, vender q nem na cara olhou direito… só levei memso p não aguento mais ficar sem jeans…rsrs…
    ;)

  2. Simone
    06/03/2010

    |Eu realmnete observo tudo isso em qualquer ambiente comercial, além disso é horrível presenciar as brigas, as conversas pessoais entre as vendedoras enquanto você está sendo atendido.
    Acho que falta mesmo treinamento e em todas as áreas comerciais.

  3. Katia Albuquerque
    06/03/2010

    Dicas perfeitas! Eu detesto entrar numa loja e as vendedoras estão animadas de um jeito absurdo. Dançando, então, fico fula da vida! Discutindo entre si, absurdo! Acho mesmo que deveria ter um responsável em cada loja para ver essas coisas. Parabéns pelo site.

  4. KIKA
    06/03/2010

    SEM FALAR NAS VENDEDORAS QUE FICAM FOFOCANDO NA RODINHA E QUANDO VOCÊ ENTRA: TE OLHAM DE CIMA A BAIXO; FICAM ANDANDO ATRÁS DE VOCÊ, COMO SE VOCÊ “ROUBAR” ALGUMA COISA E TE ATENDEM MAL ACHANDO QUE NÃO TEM $CONDIÇÕES$ DE COMPRAR NAQUELA LOJA.

  5. Vera Rolim
    10/03/2010

    Amanda vc tocou num ponto crucial:
    É a pior coisa qdo se entra numa loja com vendedores mais interessados no bate papo (entre eles) do que atender uma cliente. Me sinto como se estivesse incomodando, interrompendo a conversa.
    Chega ao absurdo de termos que chamar o vendedor em algumas vezes. Absurdo!

    E o vendedor que só pensa na comissão e te empurra tudo que tem na loja? É a morte.
    A roupa ficou ridícula em vc, mas a vendedora exclama: Tá linda !!! Mentira, não levo mesmo.
    Cadê o bom senso?

  6. Vera Rolim
    10/03/2010

    Em dezembro fui com uma amiga à Le Postiche. Ela queria comprar uma carteira.
    A vendedora novata, com no máximo 20 anos, não parava de falar um segundo. Cada carteira que minha amiga pegava, se não gostava a vendedora descia o pau no produto, concordando com minha amiga. Se gostava, a vendedora tb adorava. Patético.

    A moça não nos deixava conversar, trocar opiniões, se metia no meio, mesmo eu pedindo para ela esperar um pouco. Uma ânsia de vender.

    Resultado, fomos embora sem levar nada.
    Cheguei em casa liguei pra loja e contei o episódio pra gerente, que se prontificou a chamar a atenção da vendedora e ensiná-la a vender. Também me pediu para chamá-la (a gerente) qdo voltasse à loja, ela queria me atender pessoalmente…rs
    É mole?

  7. Amanda Medeiros
    10/03/2010

    Katia, obrigado pelo parabéns. Vendedoras dançando é bem complicado de entender… rs E olha que acontece muito!

  8. Amanda Medeiros
    10/03/2010

    Clarissa, já se passaram seis meses? Foi muito rápido! =) Menino ou menina?

  9. Amanda Medeiros
    10/03/2010

    Que situação Vera… desagradável e inconveniente. Estragada qualquer possibilidade de compra/venda.