Conversinha Fashion » 2009 » novembro
30 novembro 2009
Muito além das aparências…

Valores

Um assunto anda muito em voga nas minhas conversar com amigos e conhecidos… vejo valores sendo colocados em voga, mais do que meramente a imagem em si. Pra quem trabalha (superficialmente) com a busca pelo belo, com questões estéticas, fica as vezes complicado explicar que a consultoria de imagem vai muito além da roupa e toca em melhorias ou descobertas super profundas… e manter os pés no chão, no que realmente importa, pode parecer difícil em alguns lapsos de momentos enlouquecidos por entre mil coisas lindas e desejadas. Sabemos como a moda é envolvente, mas mais importante que ela é o caráter que levamos e apresentamos em nossas vidas.

Acho que seria importante dedicarmos um tempinho para analisarmos nossos atos, nossos passos, vendo se estamos satisfeitos com as escolhas que tomamos. Estamos sendo boas filhas, amigas, esposas, colegas ou companheiras?! Estamos ajudando ao próximo?! Tudo isso sem a hipocrisia do que é visto como correto pela sociedade, mas sim seguindo a nossa própria intuição que nos conta ou nos diz que estamos fazendo o que é certo, o que é bom. Valores são questões de berço, de criação, de índole e por isso não há uma receita de bons modos…. existem sim atitudes esperadas pela sociedade mas o que mais vale é dormir em paz e ter a sensação agradável de que o que é bom está sendo feito.

Com isso convido vocês, ou lembro vocês, de se olharem no espelho de forma um pouco mais profunda… tentando enxergar bem além das roupas, chegando na sua consciência em busca de pensamentos perdidos ou esquecidos na correria do dia-a-dia. Talvez o que lhe incomoda na sua vida não é o seu peso, o seu corpo, o seu cabelo… mas sim algo que você faz, ou deixa de fazer. E vale observar aquela celebridade, amiga ou colega que lhe serve de modelo e ver o que nessa pessoa tanto lhe atrai; transformar a inveja em inspiração é um talento que gera resultados deliciosos.

30 novembro 2009
Encontro de Consultores de Imagem

Encontro_2

Não é ótimo poder encontrar colegas de profissão, conhecer pessoas que se interessam pela área e escutar um pouco da experiência de gente que você admira?! Pois então… No dia 12.12 acontece o 1º Encontro de Consultores de Imagem, organizado pela Estillo Consultoria. Estarei lá participando da Oficina de Imagem (A moda e a vida Real) e da Mesa Redonda (Como Estudar Consultoria de Imagem). Acho que é uma oportunidade maravilhosa pra qualquer pessoa que gosta de moda e do trabalho de um personal stylist. Estou animada e ansiosa pra conhecer quem fortalece o mercado que escolhi pra mim.

Encontro_1

27 novembro 2009
Porque eu acho lindo…

JaneBapho

Que lindo o mundo seria se todo mundo conseguisse vestir roupas que conversassem tão bem assim com as paisagens. Tudo bem que há o retoque da luz, um toque de beleza indiscutível, mas Jane não parece dentro de um quadro pintado a mão?! Eterna inspiração. Por isso que vale ir marcando o que você gostou no visual… se foram as cores, se foi um detalhe, se foi a forma com qual a sobreposição foi trabalhada… tudo isso pode sumir da mente rapidinho, antes que você consiga aplicar.

  • %
27 novembro 2009
Que cor é essa?

Nail

Escuto muitos comentários sobre meus esmaltes. Entre o verdinho, o cinza, o laranja, azul, preto, vários “Oh, que lindo! Mas eu não tenho coragem de usar”. Os receios incluem o medinho de enjoar rápido das unhas frenéticas ou mesmo a dificuldade pra se combinar as cores do look.

Bom, não acho essencial combinar cor de esmalte com cor da roupa, mas devemos admitir que fica melhor quando tudo conversa. Então se você faz o tipo super clássica, e seu guarda-roupa é assim, será difícil mesmo você se sentir mega a vontade com as unhas pintadas de roxo vivo! Nem por isso você deve morrer entre potinhos vazios de renda ou duna… Dose a ousadia ou escolha uma data específica pra brincar com algo novo! Você não vai numa entrevista de emprego com as unhas em tom alaranjado afinal há um preconceito forte ainda passeando por ai mas é uma boa pedida para um final de semana animado ou mesmo pra uma viagem. E se ficar horrível é só pensar que é fácil de arrumar, sem drama.

E o momento jogou nas prateleiras uma variedade gigantesca de cores, das clarinhas rementendo ao nude às fluorescentes… sem contar as cores vivas que lembram canetinha de criança. Você pode pensar numa possibilidade que combine com seu gosto natural… se é mais rosadinho, mas branquinho, ligado ao vermelho ou marrom.

Agora, devo dizer. Eu tenho ou não tenho a melhor manicure do mundo?! Anente, você tá no meu coração demais! Porque no salão que eu frequento é mais fácil alguém raspar a cabeça do que pintar as unhas de azul, preto, verde… e ela compra todas as cores loucas só pra me ver feliz.

24 novembro 2009
Menos Jeans…

Alcaçuz_1

A voguete Helô Gomes estava comentando no blog dela, o Sanduíche de Algodão, sobre trocar o jeans pela calça de tecido… tudo em nome do projeto verão sem canga. Menos calça jeans, mais calça de tecido! O jeans aperta a circulação, o que deixa a pele ainda mais ‘machucada’”. A ideia é ótima pro verão, pro visual e a pele agradece chorando beleza e maciez. Mas perder velhos hábitos pode não ser lá tão simples…

O jeans é prático, eficiente e curinga; no entanto as calças de tecido, ou mesmo peças como shorts, bermudas e saias podem ser igualmente simples de usar se pensarmos nelas em modelagens mais neutras e secas. A forma de compor pode ser aplicada de maneira semelhante a trabalhada no jeans, só que ao invés de um visual super casual e despojado você caminha muito para a casa da elegância, sem o menor esforço.

Alcaçuz_3

Mas nem tudo precisa ser básico. Se existem jeans diferenciados (com gavião baixo, boca ampla, detalhes, aplicações…) vale abrir a mente para calças desse jeito… que muitas vezes são esquecidas pelo medo de aproveitar pouco a aquisição. Olha, se a roupa foge do básico ela deve ser a sua cara e com isso o uso repetido pode virar algo como sua marca registrada.

As calças de tecido podem ser pensadas no linho, no algodão, viscose, lã fria… tudo o que deixe seu corpo bem. E se você sente que o jeans modela a silhueta pode-se pensar nisso em outros tipos de peças já que um tecido um pouco mais estruturado, com modelagem adequada, consegue super bem segurar culotes e levantar o bumbum. Não é desculpa boa apelar pra história de que as calças de tecido marcam as formas… elas marcam se você deixar.

Alcaçuz_2

Sabemos que o jeans aperta e muitas clientes reclamam mesmo que se sentem incomodadas em passar um dia todo usando a peça; eu sou desse time e desde muito tempo uso jeans apenas esporadicamente. Me sinto bem mais bem vestida com calças de tecido e o conforto é inexplicável.

Por fim, não caia na velha armadilha da calça preta de secretária eu não tenho nada contra as secretárias, pelo contrário. Modelos clarinhos, em tons de cinza, marrom, riscados ou texturizados são muito mais criativos que o modelo previsível preto que pode deixar seu visual super sério e carrancudo. E vamos enfrentar o calor com máxima dignidade!

As peças aqui apresentadas são da Alcaçuz, marca super feminina e elegante que conheci numa ida a São Paulo e me hospedei exatamente em frente a loja da Alameda Lorena – depois disso sempre me hospedei lá. Infelizmente acho que só vende em terras paulistas mesmo… mas fica a dica. Sei que entra sempre no Coquelux, mas raramente algo realmente bacana.